Ministério da Economia realiza audiência pública para debater modelo de gestão integrada de prédios públicos

Proposta é contratar um único fornecedor para prestar serviços como manutenção predial e de elevadores, sistema de climatização, brigada de incêndio, copa e limpeza, além de outros

O Ministério da Economia (ME) realizará audiência pública no dia 1º de junho, às 10 horas, no seu canal no YouTube, para debater a contratação do primeiro projeto de prestação de serviços prediais em gestão integrada do governo federal. A proposta é contratar um único fornecedor para prestar serviços de manutenção predial e de elevadores, sistema de climatização, brigada de incêndio, copa e limpeza, além de outros sob demanda, como projetos de revitalização e laudos prediais.

O modelo será implantado como piloto no bloco B da Esplanada dos Ministérios, ocupado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Secretaria Especial de Cultura. Atualmente, apenas no MMA, existem 16 contratos distintos para a execução desses serviços. Com a implantação do novo modelo, será assinado somente um contrato, com a possibilidade de consórcio e subcontratação, a partir da solução de gestão predial integrada.

“O governo está se inspirando nas melhores experiências do mercado para modernizar a gestão pública”, afirma o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do ME, Caio Mario Paes de Andrade. Os atuais contratos somam R$ 8,5 milhões por ano e estima-se que o novo modelo pode promover uma economia de 10%, além de simplificar muito a gestão dos contratos.

Na proposta do ME, o futuro fornecedor deverá entregar uma solução tecnológica para apoiar a gestão e fiscalização contratual, tanto em versão web quanto por aplicativo. Além disso, terá que oferecer a alocação dos empregados necessários, fornecer e utilizar insumos adequados e suficientes para a execução dos serviços e a elaboração de planos de operação e manutenção. “Vamos permitir que o mercado aplique as melhores e mais modernas tecnologias e metodologias para atendimento das necessidades do governo”, enfatiza o secretário especial.

“Nossa proposta é que o edital para essa contratação seja divulgado em agosto, pois ainda este ano desejamos que o modelo seja implantado”, diz o secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert. E complementa: “Por isso é importante a participação de empresários, pesquisadores e servidores no evento do dia 1º de junho”.

Os interessados em participar da construção do novo modelo de contratação devem encaminhar suas contribuições até o dia 9 de junho, para o seguinte endereço eletrônico: central.estrategia@economia.gov.br

Fonte: Ministério da Economia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp