Arquivo Nacional, Dnit e Ibama passam a utilizar o Protocolo Digital do governo federal

Órgãos aderiram à ferramenta desenvolvida pelo Ministério da Economia para simplificar o envio de documentos e requerimentos

Os cidadãos interessados em enviar documentos ou requerimentos ao Arquivo Nacional, ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) já não precisarão se deslocar até estas instituições. Isso porque os três órgãos divulgaram, nesta segunda-feira (21/6), a integração ao Protocolo Digital – serviço digital desenvolvido pelo Ministério da Economia (ME).

Com essas adesões, o Protocolo Digital já está presente em nove instituições públicas. Lançado como piloto no ano passado, a solução digital já está disponível no Ministério da Economia (ME); Controladoria-Geral da União (CGU); Ministério da Cidadania (MC); Ministério do Meio Ambiente (MMA); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e Ministério da Defesa (MD). Diariamente, são realizadas cerca de 1.100 protocolizações no sistema.

“Além desses órgãos, outros oito estão trabalhando para se integrar ao Protocolo Digital nas próximas semanas, que é mais um serviço que coloca o governo na palma da mão dos brasileiros”, afirma o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do ME, Caio Mario Paes de Andrade.

Acessível a todos os cidadãos, o Protocolo Digital é uma das ações do Processo Eletrônico Nacional (PEN) e possibilita o acompanhamento das etapas do andamento, o recebimento de notificações e a avaliação do atendimento.

“O Protocolo Digital é um dos serviços mais utilizados do Portal Gov.br. A solução simplifica o acesso do cidadão à Administração Pública, reduzindo despesas e trazendo mais conveniência a todos”, destaca o secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert.

Fonte: Ministério da Economia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp