Economia realizará licitação para levar o TáxiGov ao Paraná, Pará e Ceará

Órgãos têm prazo até 12/3 para manifestar interesse em participar do certame
O Ministério da Economia (ME) vai ampliar e levar o TáxiGov, serviço de transporte terrestre de servidores, empregados e colaboradores, para órgãos e entidades federais de três capitais do Brasil onde ainda não foi implantado. Para isso, publicou as Intenções de Registro de Preços (IRP) nº 7/2021 para Curitiba, nº 8/2021 para Belém e nº 9/2021 para Fortaleza. O serviço também abrangerá as respectivas regiões metropolitanas. A ação tem como objetivo levantar quais instituições têm interesse em modernizar o sistema de transporte terrestre de seus servidores.
“O TáxiGov é uma iniciativa que traz solução moderna para atender o serviço de transporte administrativo por demanda de forma eficiente”, explica o secretário de Gestão da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do ME, Cristiano Heckert. “A economia anual da ferramenta é superior a 60% em relação às soluções adotadas anteriormente pelos órgãos e entidades, como frota própria e aluguel de veículos.”
A estimativa é de que cerca de 20,2 mil servidores possam utilizar o serviço no Paraná, enquanto no Pará este número é de 18,3 mil e no Ceará 17,4 mil pessoas. Além das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, onde o TáxiGov já está implantado, atualmente o serviço está em processo de expansão para mais nove capitais: Belo Horizonte, Cuiabá, Salvador, Natal, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Campo Grande e Florianópolis.
Os órgãos e entidades deverão lançar suas demandas até 12 de março de 2021, por meio do Portal de Compras.
Fonte: Ministério da Economia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp